CURSO DE MAGISTÉRIO

Obs. Todos os planejamentos são institucionais desta Unidade Escolar e atendem aos preceitos de avaliação segundo a Resolução Estadual 158 e a LDB/96, especificados no capítulo 4 item 10 do PPP escolar, onde constam as finalidades, critérios, técnicas e instrumentos de ensino e avaliação, bem como ocorrem seus resultados e recuperação paralela. A ser cumprido e seguido como norma por todos os docentes.


PLANEJAMENTOS DAS DISCIPLINAS DO 3º E DO 4º ANO DO CURSO DE MAGISTÉRIO



EDI - EDUCAÇÃO E INFÂNCIA


OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Conhecer e compreender que as implicações da infância são imprescindíveis para os educadores que atuam direta ou indiretamente com crianças, buscando um novo olhar nesta perspectiva de educar.

3º ANO

EMENTA DO 3º ANO:

Brincadeira como atividade social da infância.O brincar (diferentes tipos de jogos). Interação. Linguagem oral, literária, visual, escrita, gestual, musical, teatral, plástica e matemática. Cuidar/educar. Concepção de criança e infância. Currículo para as crianças de O a 10 anos. Encaminhamentos metodológicos para o trabalho com a infância.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

·         Entender a concepção de infância, considerando que as modificações ocorrem por determinações culturais e mudanças estruturais na sociedade;
·         Observar que os jogos e as brincadeiras são extremamente importantes no processo de aprendizagem das crianças;
·         Ressaltar que a afetividade, motricidade, linguagem, percepção, memória e outras funções cognitivas estão profundamente interligadas quando a criança brinca;
·         Articular a prática pedagógica respeitando as vivências do cotidiano familiar da criança.


CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Introdução: discussões legais e sociais dos direitos da infância.
·         Compreensão de infância e criança – conceitos.
·         Jogos e brincadeiras infantis.
·         Músicas.
·         Cantigas de roda
·         Dinâmicas para socialização em centros de Educação Infantil.
·         Sexualidade infantil.
·         Psicomotricidade e motricidade.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Linguagem oral, literária, visual, escrita, gestual, teatral e matemática.
·         Cuidar e educar.
·         O brincar e a infância.
·         Atividades lúdicas.
·         Propostas de currículos para trabalhar com crianças de 0 a 10 anos.
·         Projetos e encaminhamentos metodológicos para o trabalho na Educação Infantil.

REFERÊNCIAS:

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente.
ELKANIN, B. Psicologia do jogo. São Paulo: Martins Fontes, 1998.
KORCZAK, Januz. Quando voltar a ser criança, 1981.
MOYLES, Janet R. Só brincar? O papel do brincar na educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 2002.
Revistas de projetos pedagógicos para educação infantil.
SANTA CATARINA. Proposta curricular, 2005.
WINNICOTT, D. W. O brincar e a realidade, 1980.



EDE - EDUCAÇÃO ESPECIAL


OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Aprofundar conceitos em torno da Educação Especial, analisando e compreendendo o processo de inclusão e Educação Especial e aspectos relativos ao ensino de pessoas com necessidades educativas especiais.

3º ANO

EMENTA DO 3º ANO:

Áreas da educação especial e suas especificidades: deficiência auditiva, deficiência física, deficiência mental, deficiência visual, deficiência múltipla e surdocegueira; condutas típicas (transtornos invasivos do desenvolvimento e transtorno de défict de atenção por hiperatividade) e altas habilidades. Fatores etiológicos e preventivos. Metodologia de atendimento. O processo de construção sócio-cultural das necessidades educacionais especiais. Defectologia - deficiência primária e secundária. Estrutura semântica e sistémica da consciência.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

·         Compreender o processo de inclusão em sua perspectiva histórica e social, conceituando aspectos relativos ao ensino de pessoas com necessidades educativas especiais.
·         Conceituar inclusão e Educação Especial.
·         Contextualizar a construção histórica da Educação Especial, a fim de compreender o ser humano em uma perspectiva sócio-histórica.
·         Conhecer e entender a Legislação e os direitos dos cidadãos com necessidades especiais para que enquanto futuro profissional da Educação possa agir orientando e educando.
·         Compreender a família enquanto partícipe no processo de inclusão.
·         Conhecer e entender as características gerais das síndromes e deficiências.


CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Conceituação de inclusão. Educação especial e princípios fundamentais da Educação Especial. A Educação Especial no Brasil. A Educação Especial em Santa Catarina.
·         Família, Escola e processo de inclusão. Conceitos e fundamentos das síndromes e deficiências. Deficiência física. Paralisia cerebral. Deficiência visual.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Deficiências múltiplas. Surdo, cegueira, deficiência intelectual, síndrome de Down. Transtornos globais do desenvolvimento.
·         TDAH (Transtorno Déficit de Atenção e Hiperatividade). Autismo. Profissionais habilitados para trabalhar com alunos com necessidades educativas especiais. Legislação específica na área. Declaração de Salamanca.

REFERÊNCIAS:

ANTUNES, Celso. Inclusão: o nascer de uma pedagogia. Ciranda Cultural: São Paulo, 2003.
CARTILHA DA INCLUSÃO; direitos das pessoas com deficiência. PUC-Minas, 2009.
GOMES, M. (org.) Construindo as trilhas para a inclusão. Vozes: Petrópolis, 2009.
LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL. 2010.
VARGAS, G. et alli. Educação Especial e aprendizagem. UDESC: Florianópolis, 2004.


HDE - HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Refletir sobre a origem da educação e a construção dos saberes, nas suas dimensões históricas e pedagógicas, visando à compreensão desde o surgimento da escrita até o desenvolvimento de processos pedagógicos.

3º ANO

EMENTA DO 3º ANO:

História da educação e da pedagogia. O processo de produção da Educação Brasileira. Processo de produção histórica das políticas de atendimento da criança de O a 6 anos no Brasil. Aspectos da realidade da Educação Infantil e Anos Iniciais nas escolas brasileiras e catarinenses. O Ensino Fundamental de 9 anos.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

·         Compreender as principais teorias epistemológicas que embasaram historicamente a construção do pensamento científico ocidental, no âmbito da Filosofia, História e Educação;
·         Identificar práticas pedagógicas, em suas dimensões históricas e sociológicas, viabilizando assim a análise para uma escola cidadã;
·         Estabelecer relações, em diferentes períodos históricos, entre os fundamentos da educação como ferramenta para a dominação de povos e culturas.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         História da Educação e da Pedagogia
·         Conceito, caracterização, importância, contribuições e fatores relevantes
·         Tema transversal: Ética
·         Educação no contexto histórico.
·         Idade Antiga.
·         Idade Média.
·         Idade Moderna.
·         Idade Contemporânea.
·         Tema transversal: Cidadania
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Os pensadores da pedagogia contemporânea
·         A educação em Santa Catarina
·         História e cultura indígena
·         História e cultura afro-brasileira
·         A história da educação brasileira.
·         Período colonial.
·         Período imperial.
·         Período republicano.



ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da educação. São Paulo: Moderna, 1989.
CAMBI, Franco. História da Pedagogia. São Paulo: UNESP, 1999.
GUIRALDELLI JUNIOR, Paulo. História da Educação. São Paulo: Cortez, 1994.
MANACORDA, Mario A. Educação da Educação. 12ª Ed. São Paulo: Cortes, 2006.
REVISTA PERIÓDICA NOVA ESCOLA

ORGANIZAÇÃO E LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL


OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Compreender as políticas em educação no percurso histórico brasileiro, discutindo suas implicações no sistema educacional e contexto escolar, assim como, no decorrer do ano letivo interpretar os textos legais do ponto de vista de suas indagações no cotidiano escolar, refletindo sobre as responsabilidades do profissional da educação no que concerne ao correto e inequívoco cumprimento das leis.


3º ANO

EMENTA DO 3º ANO:

Pressupostos da análise/conhecimento da prática pedagógica escolar da Educação Infantil e das Séries Iniciais. Políticas públicas em relação à criança de O a 10 anos. Legislação específica à Educação Infantil e Séries Iniciais. Trabalho coletivo e planejamento escolar. O professor como agente da educação. A criança em relação com a estrutura organizada e planejada por um modelo de sociedade. Política de Educação Especial para o Estado de Santa Catarina, Diretrizes dos Serviços de Educação Especial e toda a legislação dessa área.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

·         Compreender as políticas em educação no percurso histórico brasileiro, discutindo suas implicações no sistema educacional e contexto escolar, assim como, no decorrer do ano letivo, interpretar os textos legais do ponto de vista de suas indagações no cotidiano escolar, refletindo sobre as responsabilidades do profissional da educação no que concerne ao correto e inequívoco cumprimento das leis.
·         Analisar os modos de organização do sistema de ensino, conhecendo a legislação pertinente ao trabalho do professor na escola básica.
·         Ler, analisar e compreender os textos legais que norteiam a educação nacional.
·         Conhecer e comentar criticamente a estrutura organizacional da rede estadual de educação.
·         Identificar os princípios fundamentais a serem seguidos na organização e gestão da escola pública.




CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         LDB 9394/96
·         Políticas públicas educacionais atuais
·         Estatuto da Criança e do Adolescente – Lei nº 8069/90
·          Lei da cultura afro-brasileira e indígena – Lei nº 11.645/2008
·          Declaração de Salamanca

3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Declaração Universal dos Direitos Humanos
·         Parâmetros Curriculares Nacionais
·         Referências curriculares nacionais para a Educação Infantil
·         Referências curriculares nacionais para a Educação Básica – Séries Iniciais

REFERÊNCIAS:

CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988
ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE 1990
LEI DA HISTÓRIA E DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA E INDÍGENA DE 2008
LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL DE 1996
PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS – Séries Iniciais
SITE DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO



FTAL - FUNDAMENTOS TEORICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DA ALFABETIZAÇÃO  E  LETRAMENTO


OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Oportunizar ao educando o conhecimento enquanto apropriação de diferentes linguagens, a partir da trajetória histórico-cultural, subsidiando o movimento teoria-prática no exercício profissional, respeitando-se as diferenças.

3º ANO


EMENTA DO 3 º ANO:

Históricos e diferentes concepções de alfabetização como produção histórica. Concepções de criança: infância, currículo, conhecimento, aprendizagem e desenvolvimento (com ênfase na compreensão de alfabetização em cada uma dessas concepções).

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

Oportunizar ao educando o conhecimento enquanto apropriação de diferentes linguagens, a partir da trajetória histórico-cultural, subsidiando o movimento teoria-prática no exercício profissional, respeitando-se as diferenças.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
1. O papel do professor alfabetizador;
2. Sala de aula como contexto de interações;
3. Alfabetização na história: a construção histórico-social;
4. A história da escrita;
6. A leitura da palavra mundo – uma visão de Magda Soares;
7. Idéia de representação;
8. Escrita e não escrita: desenhos, gestos;
9. Aula aplicada dupla
10. Práticas de representação nas sociedades letradas e não-letradas;
11. Apropriação inicial da leitura e da escrita;
12.Alfabetização e Letramento: relações entre uma e outra;
13. trabalho prático.
14. Aula aplicada.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
15. O alfabeto: o móvel e de fixação;
16. O Braile e a Libra além da inclusão;
17. Funções sociais da escrita ;
18. A sílaba e a palavra;
19. Aula prática de apresentação de trabalho lúdico com os alfabetos.
20. Texto: unidade da língua;
21. O lúdico na sala de aula;
22. De Emilia Ferreiro a Magda Soares – novas perspectivas.
23. Aula aplicada

4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

As relações entre Alfabetização e letramento. O letramento e as práticas discursivas. Conceito de alfabetização como processo de apropriação de diferentes linguagens. Significado de materialidade do código, registro de práticas cotidianas, concretização e materialidade da alfabetização.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

Oportunizar ao educando o conhecimento enquanto apropriação de diferentes linguagens, a partir da trajetória histórico-cultural, subsidiando o movimento teoria-prática no exercício profissional, respeitando-se as diferenças.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
1. A Concepção de criança;
2. A construção histórica do conceito de criança;
3. Concepção de currículo, conhecimento, aprendizagem e desenvolvimento e suas decorrências na prática escolar da alfabetização;
4. Principais conceitos e implicações pedagógicas da perspectiva histórico-cultural;
5.Elaboração Conceitual e conceitos prontos;
6. Aula aplicada em dupla.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
7. Funções sociais da escrita II
8. Aula aplicada individual;
9. Elaboração de conceitos matemáticos, das artes, das ciências naturais, humanas e sociais, do movimento e outras linguagens;
10. Produção e reestruturação de texto II;
11. Avaliação;
12. Aula aplicada : projeto de conclusão de curso.

REFERÊNCIAS:

Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina.
PCN’s Língua Portuguesa.

FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DO ENSINO DA MATEMÁTICA

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Ensinar matemática no Curso de Magistério – Ensino Médio, consiste ao aluno consolidar o que aprendeu no Ensino Fundamental e compreender a importância e a aplicabilidade dos conceitos desta disciplina em seu cotidiano com ênfase no processo ensino aprendizagem de Educação Infantil e Anos Iniciais, formando profissionais capacitados para ensinar matemática para crianças no Ensino Fundamental I.

3º ANO

EMENTA DO 3º ANO:

Fundamentos Teórico-metodológicos do Ensino de Matemática - Transformação do ensino da matemática em Educação Matemática - apropriação desta ciência. Os conteúdos matemáticos e sua organização enquanto campos do conhecimento. Campos Numéricos, Campos Algébricos, Campos Geométricos e Estatística e Probabilidade (caráter vivo e dinâmico do conhecimento matemático historicamente produzido). Alfabetização matemática do sujeito para a realização para a leitura do mundo físico e social e instrumentalização para o exercício da cidadania. A Matemática como produção histórica.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

Construir o significado do número natural a partir de contagens, medidas, códigos, etc., explorados em diversos contextos e situações-problema e dele se apropriar. Interpretar e produzir escritas numéricas, resolver situações-problemas construindo os significados das quatro operações fundamentais (adição, subtração, multiplicação e divisão) e deles se apropriarem. Identificar formas geométricas espaciais, planas, linhas e seus elementos. Identificar através da lei 11645/08 que a história afrodescendente e indígena tiveram destaque em nossa sociedade.


CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Concepção de Matemática;
·         A história da Matemática;
·         Tendência da Educação Matemática no Brasil.
·         O surgimento dos Números -  Números Naturais;
·         Adição e Subtração: Operações Fundamentais

TEMAS TRANSVERSAIS
Culturas indígena e afrodescendente
  • LEI 10639/03 – Lei de Obrigatoriedade dos Conteúdos Africanos e Afro-brasileiros e LEI 11645/08 - Lei de Obrigatoriedade dos Conteúdos Africanos e Afro-brasileiros e Indígenas.
  • Ética (Respeito Mútuo, Justiça, Diálogo, Solidariedade).
·         Organização curricular de matemática no ensino infantil – 1º ao 5º ano
·         Conteúdos de Educação infantil e de 1º ao 5º ano.
·         Como avaliar o desenvolvimento psicogenético.
·         Multiplicação.

METODOLOGIAS DE ENSINO DE MATEMÁTICA
  •  A história da Matemática;
  • Etnomatemática;

TEMAS TRANSVERSAIS
·         SEGURANÇA ALIMENTAR NUTRICIONAL : alimentação alternativa.
·         Orientação Sexual (Corpo: Matriz da sexualidade, relações de gênero, prevenções das doenças sexualmente Transmissíveis).
Meio Ambiente (Os ciclos da natureza, sociedade e meio ambiente, manejo e conservação ambiental).
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Campos Numéricos;
·         Operações Fundamentais: Adição, subtração e multiplicação.

TEMAS TRANSVERSAIS
·         Pluralidade Cultural (Pluralidade Cultural e a Vida das Crianças no Brasil, constituição da pluralidade cultural no Brasil, o Ser Humano como agente social e produtor de cultura, Pluralidade Cultural e Cidadania).

·         Números Racionais: Trabalhando com frações.
·         Introdução a matemática financeira: a ideia de porcentagem.

TEMAS TRANSVERSAIS
·         Trabalho e Consumo (Relações de Trabalho; Trabalho, Consumo, Meio Ambiente e Saúde; Consumo, Meios de Comunicação de Massas, Publicidade e Vendas; Direitos Humanos, Cidadania). Podemos também trabalhar temas locais como: Trabalho, Orientação para o Trânsito, etc.



4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

Fundamentos Teórico-metodológicos do Ensino de Matemática - Transformação do ensino da matemática em Educação Matemática - apropriação desta ciência. Os conteúdos matemáticos e sua organização enquanto campos do conhecimento. Campos Numéricos, Campos Algébricos, Campos Geométricos e Estatísticos e Probabilidade (caráter vivo e dinâmico do conhecimento matemático historicamente produzido). Alfabetização matemática do sujeito para a realização para a leitura do mundo físico e social e instrumentalização para o exercício da cidadania. A Matemática como produção histórica.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

Compor e decompor formas geométricas, fazer ampliações e reduções e nelas perceber simetrias; reconhecer grandezas e suas medidas (comprimento, massa, tempo, temperatura e capacidade), inicialmente em situações que exploram unidades não padronizadas e depois padronizadas. Utilizar unidades e instrumentos de medidas adequados a cada situação, após estimativas prévias e  comparação da estimativa com o resultado propriamente dito. Reconhecer figuras. Identificar através da lei 11645/08 que a história afrodescendente e indígena tiveram destaque em nossa sociedade.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
ÁLGEBRA
·         Expressões numéricas;
·         Relações
·         Funções
·         Metodologias do ensino de Matemática

TEMAS TRANSVERSAIS
Culturas indígena e afrodescendente
·         LEI 10639/03 – Lei de Obrigatoriedade dos Conteúdos Africanos e Afro-brasileiros e LEI 11645/08 - Lei de Obrigatoriedade dos Conteúdos Africanos e Afro-brasileiros e Indígenas.
·         Ética (Respeito Mútuo, Justiça, Diálogo, Solidariedade).
GEOMETRIA
·         Construção de Conceitos;
·         Geometria Espacial;
·         Definição;
·         Sólidos;
·         Geometria Plana;
·         Sistemas de Medidas;
·         Construção e aplicação de conceitos;
·         Figuras Geométricas – Planas;
·         Reta;
·         Plano;
·         Ângulos.

TEMAS TRANSVERSAIS
·         SEGURANÇA ALIMENTAR NUTRICIONAL - alimentação alternativa.
·         Orientação Sexual (Corpo: Matriz da sexualidade, relações de gênero, prevenções das doenças sexualmente Transmissíveis).
·         Meio Ambiente (Os ciclos da natureza, sociedade e meio ambiente, manejo e conservação ambiental),
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
SISTEMA DE MEDIDAS
Construção e aplicação dos conceitos de:
·         Comprimento;
·         Superfície;
·         Volume;
·         Capacidade;
·         Massa;
·         Tempo: calendário; semana; mês; ano.
·         Velocidade
·         Temperatura

TEMAS TRANSVERSAIS
·         Pluralidade Cultural (Pluralidade Cultural e a Vida das Crianças no Brasil, constituição da pluralidade cultural no Brasil, o Ser Humano como agente social e produtor de cultura, Pluralidade Cultural e Cidadania).
ESTATÍSTICA
  • Produção histórico-Cultural
  • Gráficos estatísticos;
  • Gráficos de barras;
  • Gráficos de coluna;
  • Gráficos de linha;
  • Gráficos de setor.

TEMAS TRANSVERSAIS
·         Trabalho e Consumo (Relações de Trabalho; Trabalho, Consumo, Meio Ambiente e Saúde; Consumo, Meios de Comunicação de Massas, Publicidade e Vendas; Direitos Humanos, Cidadania). Podemos também trabalhar temas locais como: Trabalho, Orientação para o Trânsito, etc.


REFERÊNCIAS:

AZEVEDO, Maria Veronica de. Educação Matemática através de jogos: uma proposta metodológica. São Paulo: Atual, 1995.
BICUDO, Maria Aparecida. Educação Matemática. São Paulo: Moraes, 1995.
BOYER, C.B. História da Matemática. São Paulo: Edgar Blucher, 1974.

FUNDAMENTOS TEORICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DE PORTUGUÊS E LITERATURA INFANTIL


OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Propiciar ao estudante de magistério conhecimentos relativos ao processo de ensino e aprendizagem da língua materna na pré-escola e no início do Ensino Fundamental, capacitando-o para uma atuação competente e efetiva na vida profissional, assim como desenvolver a reflexão do ensino da língua portuguesa em suas especificidades e as possibilidades de interagir teoria e prática. Os eixos: oralidade (fala), escritura e leitura.

3º ANO

EMENTA DO 3º ANO:

Interação verbal: o discurso pedagógico em relação a outras práticas discursivas: estratégias, condições de produção, formas de interação na aprendizagem, organização sócio-espacial – dimensão lingüística, dimensão pedagógica e dimensão política (política de trabalho) dessas relações, textos contemporâneos com situações reais e imaginárias, critérios e seleção de livros de literatura infantil para crianças de 0 a 10 anos de idade, a importância da linguagem literária no trabalho com crianças de 0 a 10 anos de idade. A especificidade da literatura infantil com bebês.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:



Compreender e aprofundar a alfabetização, enquanto processo de apropriação de diferentes linguagens, a partir do entendimento da trajetória histórico cultural desta, subsidiando o movimentos teoria-prática no exercício profissional.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
1. Oralidade: o discurso pedagógico e atividades discursivas;
2. Os conhecimentos lingüísticos da criança na fase pré-escolar;
3. Concepções de linguagem e trabalho escolar;
4. Práticas sociais de linguagem;
5. Linguagem oral e escrita;
Temas: ética
6. Estratégia de discursos;
7.Condições de produção de atividades discursivas;
8. O texto como unidade discursiva;
9. Configurações textuais e gêneros discursivos (diversidade de textos);
Temas: Afro indígena
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
10. A fábula;
11. Lendas;
12. Mitos;
13. Atualização de histórias infantis;
14. Aplicação de aula;
Temas: Pluralidade cultural

15. Formas de interação na aprendizagem;
16.Organização sócio-espacial;
17. Ensino e aprendizagem de texto (processo): compreensão e interpretação;
18. A contação de histórias;
19. Aplicação de aula.
Temas: meio ambiente

4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

Interação verbal: o discurso pedagógico em relação a outras práticas discursivas: estratégias, condições de produção, formas de interação na aprendizagem, organização sócio-espacial – dimensão lingüística, dimensão pedagógica e dimensão política ( política de trabalho) dessas relações, textos contemporâneos com situações reais e imaginárias, critérios e seleção de livros de literatura infantil para crianças de 0 a 10 anos de idade, a importância da linguagem literária no trabalho com crianças de 0 a 10 anos de idade. A especificidade da literatura infantil com bebês.

 OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

Propiciar ao estudante de magistério conhecimentos T-M relativos ao processo de ensino e aprendizagem da língua materna na pré-escola e no início do Ensino Fundamental, capacitando-o para uma atuação competente e efetiva na vida profissional, assim como desenvolver a reflexão do ensino da língua portuguesa em suas especificidades e as possibilidades de interagir teoria e pratica. Os eixos: oralidade (fala), escritura e leitura.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4ºANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
01 – Literatura infantil:conceituação;
02 – A literatura infantil e os estágios psicológicos da criança/ as faixas etárias – fases do leitor;
03 – Literatura infantil: arte literária ou pedagógica?
04 – O maravilhoso e a formação do espírito infantil;
05 – Análise de texto: relação entre escritura literária e universo criado por ela.
06 – Elementos estruturais do texto literário;
07 – O leitor ou ouvinte;
08 – Literatura Brasileira do século XX;
09 – Lobato e a fusão do real com o maravilhoso;
10 – Classes de palavras;
11 – Aula aplicada.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
12 – Fonologia: dígrafos, ditongos, hiatos, tritongos, encontros consonantais;
13 – Gêneros da Literatura Infantil;
12 – Regras de acentuação: sílaba e tonicidade;
13 – Regras de ortografia;
14 – Formação de palavras.
15 – O livro de estampa e sua dupla tarefa: recreativa e pedagógica;
16 – Tipos de textos para crianças de 0 a 10 anos;
17 – Termos essenciais: sujeito e predicado;
18 – Aula aplicada.

REFERÊNCIAS:

Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina;
PCN’s Língua Portuguesa.


DIN - DIDÁTICA DE EDUCAÇÃO INFANTIL


OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Assegurar o fazer pedagógico na escola, da disciplina sua dimensão política, social e técnica estudando o processo de ensino através de seus componentes. Os conteúdos escolares o ensino e a aprendizagem para com o embasamento numa teoria da educação, formular diretrizes orientadoras da atividade profissional dos futuros do curso de habilitação para o magistério da Escola de Educação Básica Santa Catarina.

3º ANO

EMENTA DO 3º ANO:

Origem e finalidade da Escola Infantil. Instrumentos de trabalho do professor: planejamento, registro e avaliação. Formas mais comuns de planejamentos encontrados na Educação Infantil; Elaboração de projeto de trabalho. Elaboração, implementação e avaliação de propostas pedagógicas.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

      Compreender a Educação Infantil, sua evolução e história;
      Posicionar-se criticamente face a diferentes perspectivas teóricas acerca da Educação Infantil;
      Observar o desenvolvimento da criança em varias perspectivas;
      Instigar a preocupação com o meio ambiente que é atual e deve envolver toda a sociedade;
      Discutir a refletir sobre ética nas diferentes dimensões da Educação Infantil;
      Esclarecer a sexualidade na infância;
      Refletir sobre a relação entre educação e saúde;
      Compreender as diferentes manifestações culturais e segmentos sociais;
      Elaborar situações de ensino que possibilitem a compreensão da prática e profissional da escola infantil.




CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Evolução da Educação Infantil;
*Origem
*Importância da Escola Infantil
*Educação Infantil como um percurso ou caminho
*Finalidade de escola infantil
*Concepção de infância
*Objetivos  da Educação Infantil
·         Educação Infantil e as novas Definições da Legislação;
·         Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil
·         Lei 11.645/08 História e Cultura  Afro- descendentes e  indígena;
·         Lei 10639/03 – História e cultura Africana e Afro-brasileiros;
·         Desenvolvimento Infantil na perspectiva sócio- interacionista;
*Piaget
*Vygotski
*Wallon
·         Papel do profissional da Escola Infantil
·         Práticas no Cotidiano da Escola Infantil.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Temas de saúde em Educação Infantil
·         Crescimento e desenvolvimento da criança de 0 a 5 anos
·         Saúde da criança- Higiene da criança e Educação Ambiental.
·         Sexualidade na Escola de Educação Infantil
·         O papel do professor ao trabalhar sexualidade na Educação Infantil.


4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

Noções de Legislação em Educação Infantil. Desenvolvimento Infantil. A criança no espaço escolar. Educação Infantil, saúde e sexualidade. Espaço e tempo na Escola Infantil. Brincadeiras e Imaginação. Prática pedagógica. Projetos: Atividades, Temas, Avaliações.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

      Construir conceitos da Educação Infantil sobre vários aspectos;
      Instigar a preocupação com o meio ambiente que é atual e deve envolver toda a sociedade;
      Discutir a refletir sobre ética nas diferentes dimensões da Educação Infantil;
      Esclarecer a sexualidade na infância;
      Refletir sobre a relação entre educação e saúde;
      Discutir e observar a organização das Instituições de Educação Infantil;
      Compreender a importância da literatura, artes, música e do lúdico para os pequenos.



CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Educação Infantil entre o cuidar e o educar;
·         Organização das atividades no tempo;
·         Atividades realizadas coletivamente pelas crianças;
·         Apredendo a mover-se no mundo;
·         A organização das atividades no espaço interno e externo;
·         História e Cultura Indígena; (artesanato, lendas, brincadeiras).
·         O imaginário a partir da literatura;
·         Promovendo o desenvolvimento do faz-de-conta na educação infantil;
·         Jogos de exercício;
*Jogos simbólicos;
*Jogos de imitação;
*Jogos e brincadeiras.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         A história do brincar nos tempos;
·         Diversos tipos de brincar;
·         Matérias artísticas na educação infantil;
*Espaço adequado;
*Instrumento;
*Corpo da criança durante o trabalho;
*Organização do espaço.
·         Práticas musicais na Escola Infantil;
*Diálogo sonoro;
*Músicas não é só cantar;
*Conversando, lendo e escrevendo com as crianças na Educação Infantil;
*Linguagem oral;
*Televisão e DVD;
*Lendo e escrevendo com a criança.

REFERÊNCIAS:

CRAIDY, Caremm. KAERCHER, Gládis. Educação Infantil Pra que te Quero?  Artmed S.A., 2001.
CURY, Augusto. Filhos Brilhantes Alunos Fascinantes.
RCNEI - Referêncial Curricular Nacional da Educação Infantil.



DIN - DIDÁTICA DE EDUCAÇÃO INFANTIL



3º ANO

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:


Assegurar o fazer pedagógico na escola, da disciplina sua dimensão política, social e técnica estudando o processo de ensino através de seus componentes. Os conteúdos escolares o ensino e a aprendizagem para com o embasamento numa teoria da educação, formular diretrizes orientadoras da atividade profissional dos futuros do curso de habilitação para o magistério da Escola de Educação Básica Santa Catarina.

EMENTA:

Origem e finalidade da Escola Infantil. Noções de Legislação em Educação Infantil. Referência Curricular Nacional da Educação Infantil. Desenvolvimento Infantil. A criança no espaço escolar. Educação Infantil, saúde e sexualidade.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

Assegurar o fazer pedagógico na escola, da disciplina sua dimensão política, social e técnica estudando o processo de ensino através de seus componentes. Os conteúdos escolares o ensino e a aprendizagem para com o embasamento numa teoria da educação, formular diretrizes orientadoras da atividade profissional dos futuros do curso de habilitação para o magistério da Escola de Educação Básica Santa Catarina.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Evolução da Educação Infantil;
*Origem
*Importância da Escola Infantil
*Educação Infantil como um percurso ou caminho
*Finalidade de escola infantil
*Concepção de infância
*Objetivos  da Educação Infantil
·         Educação Infantil e as novas Definições da Legislação;
·         Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil
·         Lei 11.645/08 História e Cultura  Afro- descendentes e  indígena;
·         Lei 10639/03 – História e cultura Africana e Afro-brasileiros;
·         Desenvolvimento Infantil na perspectiva sócio- interacionista;
*Piaget
*Vygotski
*Wallon
·         Papel do profissional da Escola Infantil
·         Práticas no Cotidiano da Escola Infantil.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Temas de saúde em Educação Infantil
·         Crescimento e desenvolvimento da criança de 0 a 5 anos
·         Saúde da criança- Higiene da criança e Educação Ambiental.
·         Sexualidade na Escola de Educação Infantil
·         O papel do professor ao trabalhar sexualidade na Educação Infantil.


4º ANO

EMENTA:

Espaço e tempo na Escola Infantil. Brincadeiras e Imaginação. Prática pedagógica. Projetos: Atividades, Temas, Avaliações.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

Assegurar o fazer pedagógico na escola, da disciplina sua dimensão política, social e técnica estudando o processo de ensino através de seus componentes. Os conteúdos escolares o ensino e a aprendizagem para com o embasamento numa teoria da educação, formular diretrizes orientadoras da atividade profissional dos futuros do curso de habilitação para o magistério da Escola de Educação Básica Santa Catarina.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Educação Infantil entre o cuidar e o educar;
·         Organização das atividades no tempo;
·         Atividades realizadas coletivamente pelas crianças;
·         Apredendo a mover-se no mundo;
·         A organização das atividades no espaço interno e externo;
·         História e Cultura Indígena; (artesanato, lendas, brincadeiras).
·         O imaginário a partir da literatura;
·         Promovendo o desenvolvimento do faz-de-conta na educação infantil;
·         Jogos de exercício;
*Jogos simbólicos;
*Jogos de imitação;
*Jogos e brincadeiras.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         A história do brincar nos tempos;
·         Diversos tipos de brincar;
·         Matérias artísticas na educação infantil;
*Espaço adequado;
*Instrumento;
*Corpo da criança durante o trabalho;
*Organização do espaço.
·         Práticas musicais na Escola Infantil;
*Diálogo sonoro;
*Músicas não é só cantar;
*Conversando, lendo e escrevendo com as crianças na Educação Infantil;
*Linguagem oral;
*Televisão e DVD;
*Lendo e escrevendo com a criança.


REFERÊNCIAS:

CRAIDY, Caremm. KAERCHER, Gládis. Educação Infantil Pra que te Quero?  Artmed S.A., 2001.
CURY, Augusto. Filhos Brilhantes Alunos Fascinantes.


DSI - DIDÁTICA DOS ANOS INICIAIS

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Contribuir para a melhoria da qualidade do processo ensino-aprendizagem, buscando a formação do professor que exerce suas atividades nos Anos Iniciais com conteúdos pautados por seu caráter científico e sistemático, em estreita ligação com exigências metodológicas do ensino-aprendizagem.

3º ANO

EMENTA DO 3º ANO:

Função social da escola/finalidades educativas/condições singulares de cada escola. Organização, prática curricular e projeto politico-pedagógico na escola.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

·         Conhecer as diretrizes nacionais que norteiam a Educação do Ensino Fundamental I.
·         Adquirir técnicas de ensino através da elaboração de planejamentos.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         História da Didática;
·         Práticas Educativas e Sociedade;
·         Educação Escolar, pedagogia e didática;
·         A didática e a formação profissional do professor;


·         A escolarização e as lutas democráticas;
·         O fracasso escolar
·         Escola pública democrática;
·         O compromisso social e ético dos professores.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         A didática como atividade pedagógica escolar;
·         Processo de ensino;
·         Os componentes do processo didático;
·         Desenvolvimento histórico da Didática e tendências pedagógicas;
·         Tendências pedagógicas no Brasil e a didática;
·         A didática e as tarefas do professor.
·         Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina e a Concepção de Escola;
·         Projeto Político Pedagógico
·         As características do processo de ensino;
·         Processos didáticos básicos: ensino e aprendizagem;
·         Estrutura, componentes e dinâmica do processo de ensino;
·         A estrutura do trabalho docente;
·         O caráter educativo do processo de ensino e o ensino crítico.

4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

O processo de desenvolvimento do ensino escolar (proposição e desenvolvimento): conhecimento/conteúdos de ensino, método didático, avaliação, o processo de planejamento de ensino-aprendizagem.



OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

·         Compreender e identificar os diferentes elementos que fazem parte da formação do educador e constituem a prática educativa.
·         Analisar a estrutura do processo de ensino e aprendizagem e seus agentes (função e papel) frente às mudanças de paradigmas.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Currículo Escolar
·         A importância dos objetivos educacionais;
·         Objetivos gerais e objetivos específicos;
·         Conteúdos de ensino;
·         Critérios de seleção;
·         Conceito e métodos de ensino;
·         A relação objetivo-conteúdo-método;

·         Eixo Norteadores do Currículo do Ensino Fundamental de nove anos (1º ao 5º ano)
·         Estruturação didática da aula;
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Definição de avaliação escolar;
·         Avaliação na prática escolar;
·         Avaliação descritiva.
·         Importância do planejamento escolar;
·         Requisitos Gerais para o planejamento (planos, projetos,etc.);
·         Interdisciplinaridade;



REFERÊNCIAS:

ARROYO, Miguel. Ofício de Mestre: Imagens e auto-imagens. São Paulo: Vozes, 2001.

CANDAU, Vera Maria. A Didática em questão. São Paulo: Vozes, 1994.

GADOTTI, Moacyr. História das Idéias Pedagógicas. São Paulo: Ática, 2002.

LIBANEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO


OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Despertar para a reflexão constante do papel do professor e de sua prática pedagógica como instrumento de colaboração da formação do cidadão, desde a Educação Infantil e os Anos Iniciais.

3º ANO

EMENTA:

Desenvolvimento de habilidades e de conhecimentos para possibilitar: (1) a compreensão da natureza da atividade filosófica ligada à educação; (2) o desenvolvimento do espírito crítico e investigador do professor; (3) a articulação das reflexões filosóficas com os avanços científicos na área de estudos – objeto do curso; (4) a explicitação dos pressupostos dos atos de educar, ensinar e aprender em relação a situações de transformação cultural da sociedade; (5) o debate de temas relacionados ao conhecimento, à linguagem, à realidade, à cultura e à ética na formação pedagógica.
Filosofia da Educação - A Educação Infantil e o ensino das Séries Iniciais como objeto de reflexão filosófica; problemas fundamentais subjacentes à prática do educador infantil e das Séries Iniciais. A Filosofia da Educação como processo de reflexão - elaboração crítica de um projeto Político-Pedagógico.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

- subsidiar os futuros profissionais que atuarão na Educação infantil e Séries iniciais no sentido de que compreendam:
- a função da filosofia no processo educacional e nos processos de ensino e aprendizagem;
- as relações entre os sistemas filosóficos e as teorias educacionais;
- como, nos atos de ensinar e aprender, se efetiva o ato de educar e como educar implica uma dimensão radicalmente ética e política.

 CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         A filosofia e a educação como processos indissociáveis na cultura grega
·         Os sistemas filosóficos e as teorias pedagógicas na Idade Moderna: racionalismo (Descartes), iluminismo (Kant), romantismo (Rousseau) e idealismo (Hegel)
·         As questões do sujeito, da liberdade, da autonomia e da dignidade em relação aos desafios da ciência e da tecnologia
·         O fenômeno da educação à luz das filosofias dialética, analítica, hermenêutica e culturalista
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         As questões da responsabilidade, da justiça, da solidariedade, do individualismo em relação aos processos de globalização
·         As questões do outro, da tolerância e do interculturalismo
·         Ética, política, ciência e religião no processo educativo

REFERÊNCIAS:

ARANHA, Maria L. de Arruda. Filosofia da educação. São Paulo: Moderna, 1996.
GILES, Thomas Ranson. Filosofia da educação. São Paulo: EPU, 1993.
MATTAR, João. Introdução à Filosofia. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.
SEVERINO, A. J. Filosofia da educação: construindo a cidadania. São Paulo: FTD, 1994.


SDE – SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Fornecer ao aluno(a) subsídios para o conhecimento e a compreensão da Sociologia, através do entendimento do contexto histórico de formação dessa ciência, do conhecimento teórico dos fundadores e pensadores clássicos. Bem como do estudo da Sociologia da Educação. No final do curso o aluno(a) deverá ser capaz de identificar, empregar e explicar os principais conceitos e categorias sociológicas utilizadas na educação.

3º ANO

EMENTA DO 3º ANO:

A sociologia como ciência: surgimento, objeto, método e sua relação com a educação. Uma introdução aos clássicos da Sociologia: Émile Durkheim, Karl Marx e Max Weber. A educação e o desenvolvimento humano. A Sociologia da Educação e o cotidiano escolar. Problemas e desafios da Educação Urbana e Rural. A Sociologia da Educação e as teorias pedagógicas.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

·         Identificar os principais conceitos e categorias sociológicas utilizadas na Educação;
·         Desenvolver pesquisas sobre o processo de educação no Campo;
·         Explicar a realidade da educação (global e local) a partir de uma visão sociológica;
·         Empregar os ensinamentos no cotidiano escolar.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         O surgimento da sociologia: Definição e objeto da Sociologia;
·         A Revolução Industrial (população; agricultura; as novas máquinas; matéria prima; a sociedade industrial);
·         A Revolução Francesa (Privilegiados e não-privilegiados; A tomada da bastilha; Girondinos e Jacobinos; A guilhotina e o terror; Liberdade, igualdade e fraternidade);
·         A sociologia da educação;
·         A instituição educação;
·         Escola e Educação;
·         Pessoas “versus” Sociedade: um dilema que oculta outros
·         A educação e o processo de mudança social;
·         A socialização como formação da personalidade.
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         As contribuições de Émile Durkheim: Fato social; Objetividade; Individuo e sociedade; consciência coletiva e individual; Solidariedade mecânica e orgânica;
·         A sociologia de Karl Marx: Classes sociais; Luta de classes; a economia capitalista; O papel revolucionário da burguesia; Transitoriedade do modo de produção capitalista; Trabalho, alienação e sociedade capitalista;
·         As contribuições de Max Weber: O conceito de ciência; Sociologia compreensiva; Objetividade; Pluricausalidade; Tipos ideais; Burocracia; A dominação;
·         A escola no contexto da sociedade;
·         A escola como órgão de transmissão de cultura;
·         O desenvolvimento do individuo como função da escola;
·         Posição da escola na comunidade;
·         A escola e o peneiramento social;
·         Os participantes do processo educativo escolar

4º ANO


EMENTA DO 4º ANO:

Educação como prática social. O processo de socialização e educação como componente da cultura. Agências socializadoras e reprodução social. O processo socializador na sociedade contemporânea: mídia e indústria cultural. Educação, instituições políticas e Estado. Democratização da educação e da escola no Brasil. Educação e inovação social.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

·         Analisar as interfaces existentes entre o conhecimento sociológico e o conhecimento educacional;
·         Desenvolver pesquisas sobre o processo de educação no Campo;
·         Explicar a realidade da educação (global e local) a partir de uma visão sociológica;
·         Empregar os ensinamentos no cotidiano escolar.



CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         A existência humana e a educação; dinâmica da folha, Temas Transversais. Ética e Saúde.
·         Sociedade de consumo/  Sociedade sustentável; Tema transversal Meio Ambiente
·         A sociedade contemporânea
·         A contribuição da Sociologia para a educação;
·         As instituições sociais;
·         O aparecimento da escola como instituição social
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         O capitalismo e as explicações da Sociologia;
·         Compreendendo a realidade com o auxílio da Sociologia
·         A educação escolar na sociedade brasileira;
·         A organização da escola;
·         A função da escola na atualidade;
·         As relações entre os movimentos sociais e a educação

REFERÊNCIAS:

LAKATOS, Eva Maria & MARCONI, Marina de Andrade. Sociologia Geral. 7ª edição. SãoPaulo: Atlas, 1999.
MARTINS, Carlos B. O que é Sociologia? 4ª edição. São Paulo: Brasiliense, 1985.
OLIVEIRA, Pérsio Santos de. Introdução à Sociologia. 25ª edição. São Paulo: Ática, 2004.
QUINTANEIRO, Tânia et al. Um toque de clássicos: Marx, Durkheim e Weber. 2ª edição. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2002.
Tomazi, Nelson Dacio (coord.). Sociologia para o Ensino Médio. São Paulo: Atual, 2007, 256 p.
LENHARD, Rudolf. Sociologia Educacional. 7ª edição. São Paulo: Pioneira, 1985.



PDE - PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Analisar a prática profissional a partir do entendimento das etapas do desenvolvimento e das influências sócio históricas.

3º ANO

EMENTADO 3º ANO:

A produção histórica do processo de interação social na família, na escola e na comunidade. As necessidades educativas especiais no contexto escolar.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 3º ANO:

·         Identificar o objeto de estudo da ciência psicológica numa perspectiva histórica.
·         Conhecer algumas das principais linhas teóricas da Psicologia como campo de estudo, limites de atuação e possibilidades em termos do processo educacional.
·         Compreender os processos de desenvolvimento e aprendizagem a partir do conhecimento de diferentes abordagens psicológicas.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 3º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         A evolução da ciência psicológica
·         A Psicologia e a História
·         A Psicologia científica
·         Teorias do desenvolvimento humano
·         Behaviorismo e Educação
·         Aplicações em sala de aula
·         Psicanálise: conceitos
·         É possível educar?
·         Educação especial

3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Piaget: Psicologia do desenvolvimento
·         Aprendizagem como adaptação
·         Construtivismo
·         Vygostky: Psicologia mergulhada na História
·         Wallon: interações teóricas

4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

A Psicologia como produção histórica. Desenvolvimento e aprendizagem na perspectiva histórico-cultural. Desenvolvimento infantil (diferentes concepções - epistemologia genética, escala de desenvolvimento), causas e prevenção de deficiências.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

·         Analisar a prática profissional a partir do entendimento das etapas do desenvolvimento e das influências sócio-históricas.
·         Identificar as diferenças e semelhanças nas Teorias estudadas.
·         Apropriar-se do processo de internalização das referências sociais e históricas no desenvolvimento humano.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         A Psicologia do desenvolvimento e Educação
·         Visão psicanalítica dos contos de fadas e a prática pedagógica
·         Concepção do desenvolvimento humano
·         Teoria piagetiana
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Teoria vigotskiana
·         Influências sócio-culturais e internalização das referências
·         O papel da linguagem na aprendizagem e desenvolvimento
·         Reflexões sobre o papel dos professores a partir dos conceitos vigostskianos

REFERÊNCIAS:

BEE, Helen. A criança em desenvolvimento. São Paulo: Herper e Row do Brasil, 1997.
CÓRIA-SABINI, Maria Aparecida. Psicologia aplicada à educação. São Paulo: EPU, 1986.
PIAGET, Jean. Seis estudos de Psicologia. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1993.
RODRIGUES, Marlene. Psicologia educacional: uma crônica do desenvolvimento humano. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1976.



FTE - FUNDAMENTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DE ARTE

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Abordar os principais aspectos teóricos e práticos do ensino de artes, compreendendo a universalidade da criatividade através da arte, tendo em vista o desenvolvimento de uma postura ética, capaz de contribuir positivamente para o processo educativo e para uma maior humanização de tal processo, desenvolvendo e enriquecendo suas qualidades pessoais e profissionais através de várias experiências criadoras em arte.

4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

Estudo das questões filosóficas que norteiam o ensino das artes. Compreensão, reconhecimento e problematização das propostas de ensino que se produziram ao longo da história. A evolução gráfica e estética e consequente abordagem de artes levando em conta a realidade, a escola e a comunidade da criança. O imaginário como fonte de conhecimento e estrutura artística na criança. Artes adaptada para a pessoa com deficiência.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

·         Identificar o significado histórico e etimológico da arte.
·         Diferenciar e explicar conceitos de arte como expressão própria e apreensão do mundo, bem como suas relações com o processo de aprendizagem, comunicação e expressão.
·         Identificar e interpretar a necessidade de domínio de técnicas expressivas em arte e avaliação de trabalhos como referencial básico para o desenvolvimento de sua educação estética.



CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         O que é arte?
·         A relação do homem com a arte
·         A necessidade, a função e as origens da arte
·         Estética – o que é o belo? Uma discussão filosófica.
·         A Arte na Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina e nos PCN’s
·         Linguagem e arte
·         As linguagens artísticas e a escola: a música; a fotografia; a poesia; o folclore a cultura popular; as artes visuais; o teatro
·         Leitura de imagens na escola
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Por que Arte-Educação?
·         A educação num contexto cultural
·         Fundamentos da Arte-Educação
·         A arte-educação entre nós;
·         Arte e Ciência da Criatividade:
·         A arte na educação infantil – proposta de atividades
  • A arte nas séries iniciais do Ensino Fundamental – proposta de atividade
  • Arte e interdisciplinaridade.
  • Artes visuais; Dança; Música; Teatro
  •  Critérios de avaliação

REFERÊNCIAS:

SANTOS. Maria das Graças Vieira Proença dos. História da Arte. 17ª ed. São Paulo: Ática, 2008.
PEDROSA. Israel. O Universo da Cor. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2008.
ESTADO DE SANTA CATARINA. Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina. Florianópolis-SC: Secretaria de Estado da Educação, 1998.



FTC – FUNDAMENTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DE CIÊNCIAS

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Segundo a proposta curricular de SC, os objetivos das Ciências naturais são apresentados como construção histórico-cultural dos conhecimentos da natureza, sendo o educando tomado como participante da produção do conhecimento, do qual se apropria, e não como receptor de um saber que lhe possa ser meramente transmitido.  Isso não significa pensar o aluno como investigador autônomo, e sim, participante de um processo coletivo de questionamento, aprendizagem e desenvolvimento.

4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

Noções gerais sobre a organização viva, elementos e fenómenos do meio ambiente. A diferenciação necessária entre seres inanimados e seres vivos. Identificação de elementos e fenómenos do meio físico e social. Relações estabelecidas entre o homem, a natureza e os demais seres. Noções sobre o corpo humano.Introdução à diferenciação entre seres vivos conscientes e inconscientes, nas interações entre si e com o meio. Importância dessas noções na Educação Infantil e Séries Iniciais

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

·         Orientar a criança a interagir de diversas maneiras no ambiente físico;
·         Visar o desenvolvimento social;
·         Promover os caminhos essenciais para apropriação futura do conhecimento científico;
·         Compreender a natureza como um todo dinâmico;
·         Identificar e descrever algumas transformações do corpo e de hábitos de higiene, de alimentação e atividades cotidianas do ser humano nas diferentes fases da vida; etc.


CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Metodologia da pesquisa. Tema Transversal (PCN) : Ética (Respeito Mútuo, Justiça, Diálogo, Solidariedade)
·         PCN’s
·         Referencial Curricular EI
·         Proposta Curricular de SC
·         Demais documentos relacionados ao ensino de Ciências para Educação Infantil e Séries Iniciais. Transversalmente: LEI 10639/03 e LEI 11645/08.
·         Currículo por séries
·         Recursos pedagógicos e laboratório de Ciências
·         Critérios de Avaliação
·         Educação Infantil e projetos
1º Ano
·         Os lugares e suas paisagens
·         Objetos e seus processos de transformação
·         Seres vivos
·         Fenômenos da natureza
·         Comparação de diferentes ambientes naturais e construídos, investigando características comuns e diferentes, para verificar que todos os ambientes apresentam: seres vivos, água, luz, calor, solo, ar
·         Recursos tecnológicos
·         Aplicação de conteúdos por blocos e projetos utilizando técnicas de música e artes visuais
·         Compreensão do papel do lúdico na série com trabalhos de cunho pedagógico ainda sem função de alfabetização
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
2º Ano
·      Seres vivos: características, funções vitais, ciclo vital, cadeia alimentar, importância das relações, etc.
·      Noções de ambiente e transformações de materiais do ambiente por meio de técnicas criadas pelo homem. Tema Transversal (PCN): Trabalho e Consumo (Relações de Trabalho; Trabalho, Consumo, Meio Ambiente e Saúde; Consumo, Meios de Comunicação de Massas, Publicidade e Vendas; Direitos Humanos, Cidadania).
·      Saúde: higiene pessoal e ambiental, perigos, substâncias tóxicas, etc. Tema transversal (PCN): Saúde (autocuidado, vida coletiva)
·      Noções externas do corpo humano, diferenças físicas e sociais. Tema transversal (PCN): Orientação Sexual (Corpo: Matriz da sexualidade, relações de gênero, prevenções das doenças sexualmente Transmissíveis)
·          
·      3º Ano
·      Recursos naturais
·      Saneamento básico
·      Elementos bióticos e abióticos, compreendendo melhor os seres vivos e o ambiente e sua interação.
·      O solo: ocorrência, tipos e utilidades, produção de alimento, interação com os demais elementos do meio biótico e abiótico, ocupação do solo, saúde e bem estar
·      O ar: existência e importância.
·      A água: localização na natureza, poluição, qualidades e distribuição da água na comunidade, saúde e bem estar
·      O sol: fonte de luz, saúde, bem estar, energia e calor
·         Interação do Homem com a natureza, classificação como espécie e características. Tema transversal: (PCN) Meio Ambiente (Os ciclos da natureza, sociedade e meio ambiente, manejo e conservação ambiental.
4º Ano
·         Elementos bióticos, conhecendo a flora e a fauna,
·         Principais grupos de vegetais, utilização das plantas na alimentação, posição dos vegetais na cadeia alimentar, influência do clima na região, saúde e bem estar
·         Diversidade animal no ambiente, a fauna local, principais grupos de animais, animais invertebrados e vertebrados. Tema transversal (PCN): Pluralidade Cultural (Pluralidade Cultural e a Vida das Crianças no Brasil, constituição da pluralidade cultural no Brasil, o Ser Humano como agente social e produtor de cultura, Pluralidade Cultural e Cidadania.
·         Elementos abióticos: o solo, o ar, a água, o sol, a lua, as estrelas e os planetas e a interação do homem com a natureza

5º Ano
·         Retomada de alguns conceitos básicos estudados na série anterior
·         Conceito de célula como unidade morfológica dos seres vivos, estrutura básica e tipos de células, níveis de organização dos seres vivos
·         Tipos de reprodução sexuada e assexuada, dos animais, dos vegetais e do homem
·         Características sexuais primárias no homem e na mulher
·         Substâncias tóxicas que afetam o organismo
·         Elementos abióticos, interação do Homem com a natureza
·         Energia e trabalho na vida humana
·         Reciclagem, processos de produção e formas de manifestação de energia na natureza.
Educação Ambiental e Agenda 21.

REFERÊNCIAS:

APPLE, Michael W. Ideologia e currículo. São Paulo: Brasiliense: 1982.
BIZZO, Nelio. Ciências: fácil ou difícil? São Paulo: Ática, 2000.
BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: ciências naturais / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1997.
BRASIL. Referencial curricular nacional da educação Infantil. Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. — Brasília: MEC/SEF, 1998.
BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Ministério da Educação e do Desporto. Brasília. Distrito Federal. 1996.
MORO, Claudia Cristine. A questão do gênero no ensino de Ciências. Chapecó: Argos, 2001.
CAMPOS, Maria Cristina da Cunha; NIGRO, Rogério Gonçalves. Didática de ciências: o ensino-aprendizagem como investigação. São Paulo: FTD, 1999. ODUM, Eugene. Ecologia. Rio de Janeiro: Guanabara, 1988.
PASSOS, Luciara. Alegria de saber: ciências, programas de saúde e educação ambiental. São Paulo: Scipione, 1993.
REIGOTA, Marcos. Meio ambiente e representação social: questões da nossa época. São Paulo: Cortez, 2001.
SANTA CATARINA. Proposta Curricular de Santa Catarina - Educação Infantil. Governo do Estado de Santa Catarina, 1998.
VYGOTSKY, L. S A Formação Social da Mente. São Paulo: Martins Fontes, 1984.


FTG - FUNDAMENTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DE GEOGRAFIA

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Contribuir para a formação de professores para o exercício do magistério na Educação Básica, predominantemente no Ensino Fundamental I – Educação Infantil e Anos Iniciais, reflexivos e aptos a integrar o processo destes níveis de ensino de maneira responsável, com participação ativa no desenvolvimento de processos pedagógicos, principalmente relacionados com o conhecimento geográfico.

4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

A trajetória e evolução do pensamento geográfico e sua constituição como ciência, até a atualidade.   Introdução aos conceitos científicos: espaço geográfico/tempo, grupo, paisagem, lugar e território, e sua construção histórica. Alfabetização cartográfica e as diferentes formas de representação espacial. A criança como (re)construtora do espaço geográfico. O estudo do local e suas relações com outros espaços (escala geográfica de análise). O Brasil/estado/municipio no contexto internacional e suas relações sociais e econômicas, reconhecendo as suas desigualdades. A importância do imaginário cénico, plástico e musical no desenvolvimento da criança de O a 10 anos. Metodologias do ensino de Geografia na Educação Infantil e Séries Iniciais. Tecnologias aplicadas ao ensino da Geografia.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

• conhecer a organização do espaço geográfico e o funcionamento da natureza em suas múltiplas relações, de modo a compreender o papel das sociedades em sua construção e na produção do território, da paisagem e do lugar;
• identificar e avaliar as ações dos homens em sociedade e suas consequências em diferentes espaços e tempos, de modo a construir referenciais que possibilitem uma participação propositiva e reativa nas questões socioambientais locais;
• compreender a espacialidade e temporalidade dos fenômenos geográficos estudados em suas dinâmicas e interações;
• compreender que as melhorias nas condições de vida, os direitos políticos, os avanços técnicos e tecnológicos e as transformações socioculturais são conquistas decorrentes de conflitos e acordos, que ainda não são usufruídas por todos os seres humanos e, dentro de suas possibilidades, empenhar-se em democratizá-las;
• conhecer e saber utilizar procedimentos de pesquisa da Geografia para compreender o espaço, a paisagem, o território e o lugar, seus processos de construção, identificando suas relações, problemas e contradições;
• fazer leituras de imagens, de dados e de documentos de diferentes fontes de informação, de modo a interpretar, analisar e relacionar informações sobre o espaço geográfico e as diferentes paisagens;
• saber utilizar a linguagem cartográfica para obter informações e representar a espacialidade dos fenômenos geográficos;
• valorizar o patrimônio sociocultural e respeitar a sociodiversidade, reconhecendo-a como um direito dos povos e indivíduos e um elemento de fortalecimento da democracia.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
·         Conceitos e objetivo para o estudo da geografia;
·         Caracterização da área da geografia;
·         Objetivos de geografia para series iniciais;
·         Conteúdos de geografia para o 2º ano do E. F.;
·         Elaboração do plano de aula;
·         Aula aplicada de geografia;
·         Aprender e ensinar geografia no ensino fundamental;
·         Elaboração de projetos;
·         Aula de campo (planejamento);
·         Conteúdos de geografia para o 3º ano E.F.;
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
·         Orientações didáticas para o ensino de geografia;
·         Conteúdos de geografia para o 4º ano do E. F.;
·         Critérios e avaliação de geografia para o 1º ciclo;
·         Conceitos básicos de geografia.
·         Caracterização da área da geografia;
·         Conteúdos de geografia para o 5º ano do E. F.;
·         Oficinas de geografia.

REFERÊNCIAS:

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: história, geografia / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, vol.5, 1997.166p.
BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos: apresentação dos temas transversais / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, 1998. 436 p.
DELORS, Jaques. Os quatro pilares da Educação. http://4pilares.net/text-cont/delors-pilares.htm/ acesso em 16. nov. 2007.
KUENZER, Acácia Z. Educação, linguagens e tecnologias: as mudanças no mundo do trabalho e as relações com o conhecimento e método. Rio de Janeiro, DP&A editora, 2000.
OLIVEIRA, Marta Kohl de. Aprendizagem e desenvolvimento, um processo sócio-histórico. São Paulo - Scipione, 1998 4ª edição.
OLIVEIRA, João Batista Araújo e CHADWICK, Clifton. Aprender e ensinar. Editora Global – São Paulo, 2001
PIMENTA, Selma garrido. O estágio na formação dos professores. Unidade, teoria e prática? Editora – Cortez, 4ª edição - 2001
PPP. Projeto Político Pedagógico. E.E.B. Profº Nicola Baptista. De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases 9394/96, e a Proposta Curricular de Santa Catarina. Ed. 2006.
PPP. Projeto Político Pedagógico. E.E.B. Santa Catarina. De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases 9394/96, e a Proposta Curricular de Santa Catarina. Ed. 2005.
SANTA CATARINA, Conselho Estadual de Educação. Lei Complementar nº 170 – Dispõe sobre o Sistema Estadual de Educação, de 07/08/1998. http://www.anped.org.br/reunioes/26/outrostextos/tegt15.doc. acesso em 19. nov. 2007.
SANTA CATARINA, Secretaria de Estado da Educação e do Desporto. Proposta Curricular de Santa Catarina: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio: Formação docente para educação infantil e séries iniciais. - -  Florianópolis: COGEN, 1998.160p.
SANTA CATARINA, Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia. Proposta Curricular de Santa Catarina: Estudos Temáticos.  Florianópolis: IOESC, 2005. 192 p.
ZÓBOLI, Graziella. Práticas de ensino: Subsídios para a atividade docente. São Paulo, Ática, 2002.


FTH - FUNDAMENTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DE HISTÓRIA


OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Conhecer as principais características das orientações curriculares para o ensino de história. Preparar os alunos/formandos para atuarem no ensino de história na Educação Infantil e nas séries iniciais do Ensino Fundamental através da consolidação de conhecimentos sobre as principais correntes historiográficas e teorias que norteiam a prática pedagógica para o ensino neste período de aprendizado.

4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

Teorias da História: Positivismo, Materialismo Histórico e a escola de Annales. Fontes históricas. Principais conceitos: tempo, espaço, cotidiano, diversidades culturais, relações de produção, relações sociais, memória e história local. Produção do conhecimento histórico e o livro didático. Proposta Curricular de História de Santa Catarina. A criança na relação tempo-espaço. A criança e a representação histórica. A criança e os papéis sociais que terá que desempenhar. A infância nos diferentes momentos históricos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

·         Compreender o sentido do conhecimento histórico.
·         Compreender que a história nos ajuda a compreender nosso modo de vida atual.
·         Perceber que o presente se relaciona com o passado.
·         Compreender a importância da contextualização e da problematização  dos temas históricos.
·         Identificar a importância dos conhecimentos e experiências prévias dos alunos e sua relação com os temas históricos.
·         Compreender que as fontes históricas são fundamentais para a construção do conhecimento histórico.
·         Entender que a história não é simplesmente a narração de fatos passados.
·         Trabalhar com fontes históricas, mapas, fatos, documentos escritos, etc.
·         Reconhecer que a compreensão da História é inerente a problematização dos temas estudados.
·         Promover a compreensão das diversidades culturais e da sociedade brasileira considerando as diversidades étnico-culturais que fazem parte da história do Brasil.
·         Estabelecer o diálogo entre o presente e o passado, incorporando elementos do cotidiano e da história cultural.
·         Reconhecer a diversidade cultural como elemento importante para o entendimento da história, promovendo um conhecimento mais amplo.
·         Reconhecer a importância da história local como modo de levar o aluno a se reconhecer em sua comunidade e assim ter uma compreensão da história em sua amplitude.
·         Expressar a compreensão do que é um planejamento anual.
·         Conhecer as etapas e a elaboração de um planejamento anual.
·         Compreender e elaborar um plano de aula.
·         Aplicar os conhecimentos teóricos na aula prática.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
I-PARA QUE SERVE A HISTÓRIA?
·         O sentido do conhecimento histórico e a História como instrumento de conscientização.
·         Como apresentar as relações entre portugueses, africanos e índios a partir de 1500?
II-POR QUE ESTUDAMOS O PASSADO?
·         O tempo presente como ponto de partida para o estudo de temas históricos.
·         Conceitos históricos (tempo, memória, identidade, imaginário, cultura, cidadania, sujeito histórico, relações sociais, trabalho, poder).
III-CONHECIMENTO PRÉVIO DOS EDUCANDOS
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
IV-AS FONTES HISTÓRICAS
V-HISTÓRIA E CULTURA INDÍGENA E AFRO-BRASILEIRA
VI-HISTÓRIA DE SÃO FRANCISCO DO SUL
VII-O PLANEJAMENTO ANUAL
VIII-O PLANO DE AULA

REFERÊNCIAS:

ABREU, Martha; Soihet, Rachel (orgs.). Ensino de história: conceitos, temáticas e metodologia. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.
ALENCAR, Chico et alli. História da sociedade brasileira. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1996.
BORGES, Vavy Pacheco. O que é história. São Paulo: Brasiliense, 1998.
MATTOS, Regiane Augusto de. História e cultura afro-brasileira. São Paulo: Contexto, 2008.
MORAES, José Geraldo Vinci de. História: Geral e Brasil. São Paulo: Saraiva, 2010.
NEVES, Joana. História Geral: a construção de um mundo globalizado. São Paulo: Saraiva, 2005.
PEDRO, Antonio et alli. História do mundo ocidental. São Paulo: FTD, 2005.
REZENDE, Antonio Paulo; DIDIER, Maria Thereza. Rumos da História: História Geral e do Brasil. São Paulo: Atual, 2005.
SOUZA, Marina de Mello e. África e Brasil Africano. São Paulo: Ática, 2007.
SILVA, César Batista, Ética nas Relações sociais, sugestões para o Ensino Médio, Santa Catarina, 2008.

LIBRAS – LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS

OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:

Auxiliar os alunos do magistério através do aprendizado da LIBRAS e a interação surdo/ouvinte, dando-lhe bagagem para a comunicação em Língua Brasileira de Sinais.

4º ANO

EMENTA DO 4º ANO:

Alfabetização e o ensino da língua de sinais; Refletindo sobre as práticas atuais de ensino de língua de sinais; Construindo um objeto de ensino: a língua de sinais como área curricular; Ensinando LIBRAS; Planejando o ensino da língua de sinais: organização do trabalho pedagógico; Pesquisando sobre a LIBRAS.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO 4º ANO:

Compreender a comunicação em LIBRAS como a capacidade de empregar de forma adequada a língua de sinais brasileira nas diversas situações comunicativas em que a pessoa estiver envolvida, seja utilizando a língua sinalizada ou a escrita e leitura de sinais.

CONTEÚDOS CURRICULARES DO 4º ANO:

1º BIMESTRE
2º BIMESTRE
Alfabetização e o ensino da língua de sinais
·         O ensino da língua de sinais no processo educacional da criança surda
·         Política de Educação Inclusiva
·         Perspectivas da Educação de Surdos ao longo da história
·         Aquisição da linguagem pela criança surda
·         Processo de alfabetização
·         Estratégias e recursos didáticos
·         Declaração de Salamanca
·         Diretrizes de ação no Plano Nacional

Refletindo sobre as práticas atuais de ensino de língua de sinais
·         O contexto brasileiro atual
·         Os professores de língua de sinais e sua formação
·         A prática pedagógica na aquisição da língua de sinais
·         Estratégia de avaliação
·         Educação de surdos no Brasil
·         Retrospectiva  histórica da educação e da cultura surda
·         Atendimento educacional especializado na área D.A
·         O ensino da língua de sinais no processo da criança surda
3º BIMESTRE
4º BIMESTRE
Construindo um objeto de ensino: a língua de sinais como área curricular
·         Em busca de uma pedagogia visual ou uma pedagogia da diferença
·         O currículo de LIBRAS na educação
·         Programas e objetivos
·         Elementos Essencial da gramática de Libras
·         Alfabeto manual
·         Estrutura gramatical da Libras (configuração de mãos)
·         Ciranda da Inclusão (Atividades Pedagógicas)
·         Educação inclusiva
·         Materiais adaptados em Libras
Ensinando LIBRAS
·         O trabalho com a língua sinalizada
·         O trabalho com a escrita de sinais
·         O trabalho com a leitura de sinais e da escrita de sinais
·         O trabalho com a gramática
O tradutor e Intérprete de Língua
·         Brasileira de Sinais e Língua Portuguesa
·         Código de ética
·         A formação de interprete no mundo e no Brasil
·         Regulamento para atuação como tradutor de interprete de língua de sinais

REFERÊNCIAS:



BRITO, Lucinda F. Integração Social e Educação dos Surdos. Rio de Janeiro: Babel, 1993.
COSTA. Maria José Damiani et al. Lingüística Aplicada ao ensino de línguas. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Curso de Letras - LIBRAS . Desenvolvimento de material didático.)2007.
LABORIT, Emmanuelle. O vôo da gaivota. São Paulo: Best Seller, 1996.
McCLEARY, Leland. Sociolingüística. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Curso de Letras - LIBRAS . Desenvolvimento de material didático).
PETTER, Margarida (2002). Linguagem, língua, lingüística. In: J.L.Fiorin (org.),
Introdução à lingüística. Objetos teóricos. São Paulo: Contexto.
PINKER, S. O Instinto da Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2002.
QUADROS, Ronice; KARNOPP, Lodenir. Língua de sinais brasileira: estudos lingüísticos. Porto Alegre: Artmed, 2004.




Nenhum comentário:

Postar um comentário